A CIDADE DE MANSIDÃO

História
Desmembrado de Santa Rita de Cássia, o município de Mansidão
foi criado pela Lei nº 4408 de 25 de fevereiro de 1985.
Historicamente, registra-se que seu território era habitado por índios
querém, afastado pelos exploradores que vieram para a região.
Mais tarde, a região abrigou diversos quilombos,
formados por negros remanescentes do quilombo dos Palmares.
A origem do nome “Mansidão” vem de um dos bois que sumiram de
uma fazenda no estado do Piauí. Dois vaqueiros foram à procura
e os encontraram nesta região.
Cultura
O principal evento que ocorre no município é a Tradicional
Festa de São Gonçalo que ocorre na última semana do mês
de julho e que atrai visitantes de várias cidades próximas
e conterrâneos espalhados pelo país.

Economia
Agricultura: na produção agrícola destaca-se o cultivo de mandioca.

Seu parque hoteleiro registra 8 leitos e 4 colchões

No ano de 2001, o município registrou 1364 consumidores
de energia elétrica com um consumo de 1801mwh.

Segundo dados da SEI/IBGE, o PIB do município para 2003
foi de R$19,22 milhões, sendo 32,33% para agropecuária, 9,57%
para indústria e 58,10 % para serviços.

Transportes
As principais estradas que servem o município de Mansidão
são: BA-451,BA-351 e BA-225 (estaduais); BR-020, BR-135 (federais)

Atualmente existe um anseio e necessidade muito grande por parte
da população e governantes locais para a execução do trecho
da BR 020 que se inicia na BR 135 logo depois da cidade
de Barreiras, que é a principal cidade do oeste baiano,[7]
até a divisa com o estado do Piauí em Campo Alegre de Lourdes
trecho este que corta o município mas que nunca saiu do papel.


Localização: Mesorregião Extremo Oeste Baiano
Microrregião Cotegipe
Área: 3 142,825 km²
Desmembrado de Santa Rita de Cássia, o município de Mansidão
foi criado em 25 de fevereiro de 1985. Historicamente,
registra-se que seu território era habitado por índios querém,
afastado pelos exploradores que vieram para a região. Mais tarde,
a região abrigou diversos quilombos, formados por negros
remanescentes do quilombo dos Palmares.

A origem do nome “Mansidão” vem de um dos bois que sumiram de
uma fazenda no estado do Piauí. Dois vaqueiros foram à procura
e os encontraram nesta região.